Perguntas e Respostas

Qual a diferença entre um sistema fotovoltaico conectado à rede e um isolado?
Os sistemas fotovoltaicos conectados utilizam a rede da distribuidora para injetar durante o dia o excedente de energia, que será contabilizado na forma de crédito. À noite, quando o sistema fotovoltaico parar de produzir energia, seu imóvel irá consumir os créditos gerados durante o dia.
Os sistemas isolados são aqueles que funcionam de forma independente da rede. Neste caso, são necessárias baterias para realizar o armazenamento da energia que o sistema gera durante o seu funcionamento, de forma a permitir o fornecimento ininterrupto de energia elétrica ao longo de todo o tempo.

Quanto consigo economizar com um sistema fotovoltaico conectado e como será o retorno do meu investimento?
Um sistema solar fotovoltaico conectado pode proporcionar uma economia de até 95% na conta de energia do consumidor. Neste caso, será paga somente a tarifa mínima cobrada pela distribuidora para a conexão à rede. A economia em energia será obtida já a partir do primeiro mês de funcionamento.
No final do primeiro ano, um montante significativo  já será economizado. Esta quantia irá variar de acordo com o consumo do cliente, preço da energia e intensidade (irradiação) solar na região. O prazo de retorno do investimento está, em média, em torno de 7 anos, mas será altamente compensado devido à expectativa de vida útil do sistema, que será de 25 a 30 anos. Além disso, você deve considerar que um gerador solar irá valorizar o seu imóvel.

O que acontece se o sistema produzir mais energia do que eu estiver consumindo? 
Se o sistema produzir mais energia do que a consumida, o crédito excedente ficará acumulado para as próximas contas, e poderá ser usado nos próximos 60 meses.
Ao contrário, se você possuir uma geração solar inferior à quantidade de energia consumida mensalmente, e não possuir créditos anteriores do seu sistema, tal diferença de energia será cobrada pela distribuidora de acordo com a tarifa energética vigente.

Como, na prática, se faz o controle destes créditos? 
Este controle é feito através de um relógio de energia bidirecional que será instalado pela distribuidora de energia no lugar do relógio comum.  O medidor bidirecional vai registrar a energia injetada e contabilizará os créditos da energia gerada.

Estou interessado em um sistema fotovoltaico para gerar minha própria energia, o que devo fazer?
Faça uma consulta sem compromisso com a Wiretech. A partir de uma avaliação inicial de sua residência, comércio ou indústria, iremos realizar uma análise de viabilidade financeira e determinar o potencial de economia. Com estas informações, uma proposta comercial gratuita será gerada para sua avaliação.
Nossas propostas são inteiramente personalizadas, de forma a atender sua necessidade específica. E o escopo dos serviços irá compreender a solução completa, ou seja, o fornecimento do sistema fotovoltaico, sua instalação e todos os trâmites para regularizar a conexão com a rede da distribuidora.

E após o fechamento do negócio, quais serão as próximas etapas?
A Wiretech irá solicitar o acesso do seu sistema solar junto à distribuidora de energia e, em seguida,  com o parecer de acesso emitido, será iniciada a instalação no local planejado.
Após a vistoria pela distribuidora e a regularização de eventuais aspectos técnicos, será solicitada a aprovação do ponto de conexão de modo a permitir sua efetivação. A última etapa é a troca do medidor para bidirecional, a ser realizada pela distribuidora.
Pronto. Seu sistema já estará funcionando, gerando sua própria energia e a economia planejada. E através de um sistema de monitoramento on-line instalado no sistema, você terá o controle em tempo real destes valores na palma de sua mão através de um aplicativo em seu celular ou computador.

Consigo financiar meu sistema fotovoltaico? 
Atualmente existem linhas de financiamento específicas para a aquisição de sistemas fotovoltaicos, com taxas bem atrativas.  A Wiretech poderá auxiliá-lo a encontrar o melhor caminho de financiar o seu sistema.